Accueil > LAIOS > Membres > Les doctorants

Blumer Stéphane

por Blumer Stéphane - publié le

Traduction(s) : français English Español

stephane.blumer[a]ehess.fr

Supervisor : Marc Abélès

Pesquisa:


Esta investigação centra-se nas noções de emancipação e actuação (agency) a partir de um trabalho de campo da censura e auto-censura das organizações de arte activista, entre Europa e China.
O objectivo é o de produzir uma antropologia política oferecendo novas ferramentas teóricas e práticas que revertem, sincronicamente, a lógica de conivência entre as artes e o sistema de produção dominante do capital diante das tendências de despolitização de ambos os agentes culturais e as audiências.
Esta pesquisa insere-se em debates em torno da reapropriação da estética da contracultura pelo sistema neoliberal que se alavanca de estratégias da critica artística tais como criatividade, flexibilidade, desejo de autonomia e de anti- hierarquização.

Campos : Redes de activismo artístico entre Europa e China.

Palavras-chaves: margens, actuação (agency), emancipação, alter-política, anarquismo, arte activista, censura e auto-censura, hacktivismo, creative commons.

Educação :

2015 Doutorado em Antropologia Social e Etnografia, EHESS, Paris, FR (em curso)
2015 Saas-Fee Institute of Art, The European Graduate School, Saas-Fee, CH
2010-2012 MA (Hons) Fine Arts, Goldsmiths College, University of London, GB
2007-2010 BA (Hons) Fine Arts, HEAD, Haute Ecole D’Art and Design, Genebra, CH

Experiências profissionais :

2015 Professor convidado, MA e BA Fine Arts - Bath Spa School of Art and Design, GB
Desde 2014 Curador - Assembly Passage Project, Whitechapel, Londres, GB
2012-2014 Artista representado - BYCR Gallery, Milão, IT
2011-2013 Artista representado - La Scatola Gallery, Londres, GB

Línguas:

Fluente: francês (língua materna), Português, Inglês e Espanhol
Intermediário: Alemão
Iniciante: Chinês, mestria do Pinyin

Ver online : Site